quarta-feira, 18 de maio de 2011

Augusto Comte e o positivismo


Augusto Comte na cidade de Montpellier,França,em 1798 e faleceu em 1857.Pertencia a uma famíliacatólica e,aos 16 anos,passou a estudar na escola Politécnica de Paris,onde foi nomeado explicador de análise e
 mecanica e,posteriormente,examinador  de vestibular.

Em 1817,foi nomeado secretario de Saint-Simon,permanecendo nesse cargo por sete anos,quando conheceu mais profundamente o socialismo,além de adquirir enorme cultura.

   Comte colaborou nas obras: O organizador e O sistema industrial, de Saint-Simon.

    Em 1826,Comte abriu em sua casa um curso de Filosofia positiva,que logo foi fechado,devido a uma deressão nervosa,levou a permanecer certo tempo internado;o curso foi reaberto em 1829.

   Em 1830,Comte começou a publicar seus ensinamentos sob o titulo de Curso de Filosofia positiva,resumindo a obra,em1844,para Discurso sobre o espírito positivo.

Em 1842,separou-se de sua esposa,Caroline Massim;em 1844,conheceu Clotilde de Vaux,irmã de um de seus alunos,por quem apaixonou-se perdidamente.

Clotilde era casada com um homem foragido da policia,por problemas financeiros.Ela achava impossível a dissolução do seu casamento,e por esse motivo não quis se casar com Comte,tornando-se apenas sua amiga.Em 1846,morre Clotilde e ele,então,passa a idealizá-la como uma santa.

A parti de 1847,Comte passou a ver o positivismo como uma espécie de religião,fundando diversas igrejas positivista.

Para alguns filosofos,sua Filosofia esta dividida em dois momentos:no seu primeiro,é um critico da teologia;já no segundo é um fundador de uma igreja(profeta do positivismo).Seus discipulos,principalmente Littré,acreditavam ser a paixão por Clotilde o motivo de Comte ter fundado uma igreja e se tornado um politico-religioso.
Para ele, a sociedade precisava ser reorganizada inteiramente;mas,essa reorganização era pessoal,portanto,as pessoas é uqe deveriam mudar intelectualmente.

Segundo sua Filosofia,três estagios no mundo:
Teológico ou fitício: nesse estágio,tudo é explicado por meio de vontades alheias a nossa.
Metafísico:nesse estágio,procura-se uma explicação por meio da ideia abstrata.
Positivo ou científico:nesse estágio,o ser humano chega á ciência

Para esse filósofo,as 3 leis citadas aplicam-se também para a história do desenvolvimento do ser humano,ou seja,iniciamos com o estado teológico(criança),passamos para o metafísico(adolescência)e,finalmente evoluimos para o positivo,para a ciência (adulto).

Comte classificava as ciencias,de acoro com os fenomenos estudados por cada uma.Ele,na verdade,hierarquiezava as ciencias,classificando-as na seginte ordem de importancia:Matematica,Astronomia,Fisica,Quimica,Biologia e Sociologia.

A Sociologia é dividida por Comte em 2: a estatica social,na qual se estudam as condiçoes de vida social,sendo representada pela ordem;e a dinamica social,que cuidaria do progresso da sociedade.Comte acreditava que a sociologia era a ciencia mais importante,pois estuda a humanidade.

Para ele a, a familia representava o ponto de partida do grupo social,sendo o Estado uma estrutura familiar que deve se tornar universal,sendo necessario para isso a consciencia do conhecimento da humanidade,o que favorecia o surgimento do estado  ideal e de uma nova sociedade,em que ficariam separados o poder material do espiritual.O primeiro seria comandado pelo governo,e o segundo pela igreja,em que os sábios,os pensadores,seriam os chefes.Os proletariados e os donos de industrias devem continuar existindo separadamente.
Comte concordava com os capitalistas ao defender a exploração industrial,e a justificava,além de achar correta a divisão da sociedade em capitalistas e proletariado,demonstrando com isso ter uma visão bastante conservadora.
Ele passou os últimos anos de vida no comando de sua igreja positivista,fundando a Religião da humanidade.
Comte é considerado o filosofo da ordem e do progresso,sendo admirado não apenas pensadores da esquerda como tambem da direita;enfim,ele é o pai do positivismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário